sábado, 17 de janeiro de 2015

MEDITAÇÃO DO LÓTUS BRANCO PARA CONFERIR PODER AO BODHISATTVA

Na Índia, o lótus branco é reverenciado como um símbolo de pureza espiritual. Ele também simboliza a alma que se eleva dos pântanos de samsara para abrir suas pétalas de iluminação.

Ao começar esta meditação, sente-se confortavelmente e preste atenção à sua respiração. Concentre-se nas doze pétalas do chakra do coração e sinta o ritmo do coração.
Medite no amor do nosso Deus Pai-Mãe. Ao inspirar, pense o seguinte: “Eu e o meu Pai somos um só”. Quando expirar, pense: “Eu e a minha Mãe somos um só”.

Visualize um botão de flor de lótus desabrochando no fundo do seu coração. Veja as pétalas do lótus abrindo-se suave, amorosa e pacificamente, pétalas que mais parecem feixes de luz branca.

À medida  que você visualiza o lótus de chama branca ao redor do coração, ele vai consumindo os obstáculos que impedem que você se torne no coração, na cabeça e na mão de Deus. Pense no que Jesus quis dizer quando afirmou: “Abençoados os puros de coração, pois eles verão a Deus”.

Ao sentir a pureza curativa do lótus, você se apercebe de que também existe um lótus da mente e um lótus da mão.


Agora concentre-se no lótus brilhante da mente. A sua luz dissipa os pensamentos negativos e qualquer sentimento de limitação e falta de merecimento. Sua alma regozija-se com a purificação da mente.

A seguir, coloque as mãos sobre os joelhos com as palmas para cima e visualize um lindo lótus branco saindo de cada palma da mão. Cada vez que você estender as mãos para ajudar os outros, veja o lótus branco flamejante pulsando nas suas mãos. E saiba que consagrou as suas mãos a Deus para servir toda a vida senciente.

Volte para as doze pétalas do lótus branco do coração.  Visualize um fio branco saindo do coração e ligando-se à mente. Depois veja o fio branco da mente estendendo-se até os lótus brancos das mãos.

Aceite esta benção, esta infusão da chama da pureza, e partilhe-a com toda a vida. Esta é uma concessão de poder do seu Eu Superior passando pelos seus chakras. É o seu poder para curar, para ressuscitar e para aperfeiçoar através das mãos.



Fonte: Livro – Mensagens de Buda – As Dez perfeições  -   de Elizabeth Clare Prophet

Um comentário:

  1. Grato Márcia por essa linda meditação. Muita luz e Vitória sempre.

    ResponderExcluir