sábado, 31 de dezembro de 2016

31 de dezembro de 2016


Em 21 de julho de 1952 às 9:50 hs, sob o signo de Câncer, eu vinha ao mundo para realizar a minha missão de resgate e crescimento espiritual. Mamãe contava que demorei horas pra aceitar a luz que me esperava do lado de fora do seu útero quentinho e acolhedor, e só depois de muita dor eu aceitei enfrentar o meu destino.

Fui uma criança normal como todas as outras, muito bem cuidada e educada, com a diferença de que em poucos anos eu já dava sinais do que tinha vindo fazer aqui; um resgate total. Minha resistência em deixar o ventre de minha mãe tinha suas razões mas só o tempo nos diria a quê vim. Cresci dentro da normalidade, sem preocupações de saúde, participando de todas as atividades inerentes à uma criança normal; família, escola, amigos...

O tempo foi passando e a juventude chegou repleta de novidades... anos 1960! O início de uma mudança de comportamento trazendo uma certa liberdade que se mostrava tão saudável e necessária para a própria evolução da humanidade, início dos sonhos, revelações, encontros, descoberta do amor... Assim a vida foi surgindo e me trazendo todas as informações pra direcionar minha carreira profissional e minha vida pessoal. Tempo de ouro!!! Tempo de sonhos, expectativas, quando sentimos o mundo em nossas mãos com o poder de conquistá-lo inteiramente. Assim tudo foi caminhando sem tropeços até o dia 30 de junho de 1979 quando assumi a fase mais importante da minha vida: o casamento.

Os sonhos começavam a se tornar realidade e de mãos dadas, como um só, demos início a uma jornada incrível com a criação da família recebendo nossos 3 filhos amados e direcionando toda a nossa energia na concretização do sonho de uma jornada feliz e próspera, oferecendo o que de melhor tínhamos para gerar pessoas íntegras e dispostas a ver o mundo com os olhos livres de preconceitos e com a disposição de vencer o mundo seguindo nossos passos e suas próprias escolhas.

O tempo foi passando, a família progredindo e durante 15 anos a vida foi perfeita e plena. Aos poucos os testes foram surgindo e fomos colocando em prática todo o conhecimento acumulado e a disposição de vencê-los.  A luta se intensificou e o tempo para curtir a vida foi ficando escasso e a disposição para olhar o mundo com olhos de esperança e alegria foram diminuindo, pois a luta pela sobrevivência foi maior e nossas almas finalmente encontraram o ponto, o objetivo real de nossas vindas e do nosso encontro.

Aos poucos os anos foram passando e nos trazendo os resultados de tantas lutas e começamos a ver que a nossa maior criação tinha sido perfeita, nossos filhos. Ronaldo, Marina e Renato foram vencendo as etapas e crescendo.

Mas e nós, eu e o Fernando? Nós que criamos o sonho? O que aconteceu com esse par de almas que se uniram com o propósito de vencer todos os obstáculos? Ah!!! a caixinha de surpresas da vida não trazia apenas os sonhos da juventude, mas também o enfrentamento do passado longínquo que todas as almas precisam enfrentar aqui pra atingir o tão desejado ponto alto!!! Qual é o ponto alto das almas que encarnam nesta Terra??? O sucesso? A família? O amor eterno? A riqueza?

Tudo que for pensado está muito longe da realidade porque vemos o mundo com os olhos humanos e esquecemos os olhos do espírito, assim nos dedicamos a viver a vida em busca da prosperidade e abundância mas nos esquecemos que somos almas aprisionadas na carne e que nossa busca é pela libertação dessas amarras, e assim estacionamos nossas almas num ponto qualquer da vida até que um dia o vento sopra com força e nos desperta do torpor criado pela ilusão da vida perfeita, e caímos na realidade dura de nós mesmos. Não nos preocupamos em crescer como almas, apenas como pessoas deste mundo.
Assim ao nos depararmos com a nossa própria realidade nos perdemos de nós mesmos enquanto a ampulheta do tempo escorre célere para terminar seu ciclo. O que fazer quando olhamos ao redor e nos vemos sozinhos ao lado daquele que escolhemos com tantos sonhos, que a ilusão colocou num trono de bolhas e explodiu? O que fazer quando descobrimos que estamos sozinhos com nossos desejos mais ardentes, que pareciam saciados no começo da vida, mas que na realidade permaneceram apenas como sonhos?

Esquecemos de viver nossos próprios sonhos pra poder vencer a realidade, quando na verdade deveríamos ter sonhado juntos e criado uma nova realidade! O sonho acabou! A dor é imensa e intraduzível! O reflexo de nós mesmos no espelho de cristal nos mostra a verdade absoluta com as rugas anunciando as limitações, com as forças diminuindo e com tantas coisas ainda por fazer... O desejo de continuar e vencer desperta no fundo da alma e queremos refazer ou apenas completar o que ficou incompleto e nesta altura da vida o que mais importa é ser feliz.

Como? A felicidade não depende mais do outro mas de si mesmo! Tudo o que foi criado está, mas o que ainda precisa ser criado depende de uma ruptura com o passado para que se permita a chegada do futuro. A dor é imensa e atinge todos os corações da mandala familiar muito amada, mas nossa jornada é individual, nosso crescimento é pessoal e precisamos seguir adiante custe o que custar, a não ser que decidamos parar no caminho e esperar uma próxima oportunidade pra realizar o final do projeto numa próxima oportunidade, que ninguém sabe se terá. Então, precisamos nos decidir custe o que custar, doa o que doer. Todo parto é doloroso e o meu pra chegar neste mundo exauriu as forças físicas da minha mãe, então preciso criar coragem e enfrentar novamente este parto que me trará a luz que tanto anseio, que me libertará do passado para vencer novas provas e quem sabe alcançar a vitória sobre uma parte da minha jornada evolutiva aqui na Terra.


Olhar para os meus filhos e sentir a dor nos seus corações de crianças que amam seus pais não tem como ser descrito, mas o parto não é só meu, mas de todos nós. Hoje, dia 31 de dezembro de 2016, nasce uma alma de parto fórceps, mas que cheia de coragem deseja viver pra vencer mais uma etapa. As marcas do parto mostram apenas o tamanho da missão porque a vontade de vencer é maior do que qualquer dor.



quarta-feira, 22 de junho de 2016

O BRASIL ACABOU!

O Brasil acabou. Este Brasil que foi "governado" pela esquerda durante 13 anos, acabou! Precisamos nos unir como povo e lutarmos verdadeiramente para trazer a nossa nação de volta. O Brasil de gente trabalhadora, decente, honesta, que estuda, que segue regras de moral e família, que ama a alegria e a paz, mas também que não deve retroceder diante de uma crise jamais vista no nosso país.

A injustiça prevalece diante de milhões de olhos arregalados de espanto, e chocados nos perguntamos o que fazer. O que fazer diante de tamanha inversão de valores, onde os criminosos são bem pagos e protegidos e os homens decentes pagam por falar a verdade? Quando homens honestos e cumpridores de seus deveres preferem a morte à vergonha de não poder cumprir com suas obrigações?

Como podemos nos calar diante do maior roubo da história do mundo perpetrado por gente que se elegeu com mentiras e com promessas de salvação dos pobres? Que prometeu decência diante do que eles dizem ser a indecência, mas que provaram de todas as formas a indecência de suas almas pequenas e escuras? Que não perdem a pose de heróis e não abrem mão do poder pra continuar roubando o povo brasileiro e impor um regime totalitário ao nosso povo?

Estamos cansados de clamar por justiça, moral, trabalho, honestidade, mas só teremos os nossos valores de volta quando extinguirmos definitivamente essa página da nossa história.

Vamos lá Brasil, lutar pelo que é nosso, pelos nossos direitos, nossos valores que foram roubados.

Saiamos às ruas para gritar pela Intervenção Militar Constitucional Art. 142, porque eu ainda acredito nas FFAA. É a nossa última reserva de decência e honestidade.


Os militares foram massacrados pela esquerda porque só assim eles conseguiriam se manter no poder, mas está muito claro, transparente, que a ação desses bandidos foi bem planejada e comprada em todas as instâncias para garantir o roubo das nossas riquezas enquanto choravam pelos pobres diante das câmeras de TV e se lamentavam por terem sido presos e quiçá torturados por seus crimes cometidos contra o povo e o Brasil. Eles não hesitaram em roubar, matar, sequestrar! Chegou a hora de reclamarmos os nossos direitos, de gritarmos, não por impeachment, mas por decência, justiça e honradez através das FFAA.

Os Três Poderes estão totalmente contaminados pela corrupção e a nação exige um ponto final nesses desmandos.

Precisamos impor nossa vontade, porque do povo é o poder. Vamos acabar com esse caos de uma vez por todas para podermos hastear a nossa bandeira, tão injuriada e desonrada, e com orgulho cantarmos a independência da nossa nação de uma vez por todas.

INDEPENDÊNCIA OU MORTE!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

AMIZADE

Amizade é muito mais do que uma simples convivência. 
Envolve respeito, carinho, tolerância, vontade. 
É superar diferenças; compreender fraquezas; é o exercício de amar sem compromisso e se comprometer com a verdade. 
É poder contar sempre com um forte abraço para consolar e também comemorar. 
É a irmandade sem laços de sangue que se fortalece a cada experiência, e o companheirismo das almas na luta diária pela paz. 
É sentir-se forte, capaz, protegido e amparado. 
Amizade é como as asas de um anjo que te envolve e guarda de todos os males do mundo.





quinta-feira, 12 de maio de 2016

VITÓRIA DO POVO BRASILEIRO

Hoje é um dia histórico para o Brasil, que alcançou a vitória numa batalha muito importante afastando de nós um governo corrupto e que tinha como único objetivo se perpetuar no poder, e pra isso não mediu consequências e devastou a nossa economia, perverteu jovens na ideologia da esquerda, abriu as porteiras da imoralidade, da desonestidade, tentou contaminar nossas crianças com mensagens agressivas e espúrias, liderou "exércitos" de militantes pra destruir nosso patrimônio público e privado e intimidar o povo de bem, cometeu todos os abusos e crimes jamais vistos no mundo, na tentativa de enfraquecer o povo e dominá-lo.

NUNCA NA HISTÓRIA DESSE PAÍS se viu e viveu tanta corrupção, ignorância, ataques à família, à moralidade, à religião, à honestidade e aos bons costumes. 

Vencemos uma batalha mas a guerra continua. Agora esperamos ter um pouco de tranquilidade em relação à condução do Brasil e podermos trabalhar no sentido de trazer de volta os valores que permearam a nossa história como um povo honesto, trabalhador, alegre, ético e proporcionar às nossas crianças os valores verdadeiros de um povo civilizado.


Lutaremos a partir de agora para que esse partido que se diz dos trabalhadores seja extinto e o povo possa trabalhar em paz reconstruindo a nação brasileira segurando a tocha da Liberdade, da Ordem e do Progresso!

sábado, 7 de maio de 2016

DIA DAS MÃES

Minha amada mãe, você está presente em todos os momentos da minha vida porque sou parte de ti, e mais uma vez te agradeço pela dádiva da minha vida, por você ter decidido por mim e me dado essa chance extraordinária de viver e realizar meu plano divino. Sou grata pelo seu amor e carinho, por seus ensinamentos que me fizeram ser como sou, por sua luta pra me proporcionar as condições de crescimento físico, emocional e intelectual, por sua entrega total como mãe amorosa e sempre presente.


Desde o momento em que me tornei mãe passei a me olhar no espelho da tua alma pra seguir teus passos e hoje me sinto realizada e feliz em ver meus filhos prontos pra vida.
A você, e a todas as mães que me geraram nesta terra, eu ofereço a minha mais profunda gratidão e amor.

sábado, 12 de março de 2016

O TEMPO EM NOSSAS VIDAS

O que é a vida senão uma sequência de fatos numa sequência de tempo finito? O tempo, como o vento, passa balançando as folhas da nossa árvore e logo depois desaparece deixando tudo quieto e imóvel. 

De vez em quando sentimos no nosso íntimo a brisa suave do vento que passou e estremecemos diante da realidade. 

O espelho da nossa alma nos mostra a folhagem verde e fresca sugando a luz do sol e os pingos da chuva benfazeja nos encharcando de vida, e o espelho de cristal nos mostra a realidade dura do tempo que passou e não volta jamais. 

Como enfrentar a nova realidade? Vivendo o que a brisa nos sopra no íntimo dando-nos a força necessária para vencermos o imenso desafio da quietude. 

Nada nos impede de viver o momento da brisa suave com ardor e alegria, basta que saibamos separar os momentos e vivermos cada um deles com a consciência de que é o único caminho, e que ele deve ser vivido com a intensidade de nossas almas em busca do nosso objetivo.

sábado, 24 de outubro de 2015

O BANCO DA VIDA

Imagine se você  depositasse diariamente em sua conta bancária  86.400 reais, e que você deveria gastar esse valor até o final do dia, porque  sua conta seria zerada, e no dia seguinte mais 86.400 reais seriam depositados.

Todos nós somos clientes desse banco, e esse banco chama-se: TEMPO..

Deus nos dá 86.400 segundos de vida diariamente para serem vividos da melhor maneira possível: amando, aprendendo, ensinando, caindo, levantando, VIVENDO…

Como você gastaria esses 86.400 reais?

Precisamos cuidar melhor, com mais atenção e carinho desses 86.400 segundos diários de vida. Não percebemos quanto a vida é breve e frágil e deixamos os segundos voarem como o vento, em total velocidade. Não nos damos conta que o amanhã pode não acontecer, e se acontecer, é o que esperamos, precisamos enfrentá-lo com gratidão e alegria trabalhando por nossa felicidade. Felicidade que significa abundância de vida, prosperidade,  correção dos problemas, a busca pelo verdadeiro caminho,  evolução espiritual, vivenciar o amor, doar amor, desenvolvermos a compaixão que nos liberta dos erros do passado acumulados em nossa alma... Nos tornarmos férteis em vida!  

Esta é a nossa grande e única oportunidade de nos tornarmos melhores a cada dia.

No início de um novo dia podemos simplesmente agradecer por ele e darmos o melhor de nós para que ele seja o melhor de todos.